Por Valter Pomar (*)

Os atos convocados para o dia 12 de setembro têm como orientação política “nem Lula, nem Bolsonaro”.

Obviamente o PT não vai participar.

Vários movimentos e entidades sindicais e populares – com destaque para a Central Única dos Trabalhadores – também não vão participar.

Espero que toda a esquerda brasileira faça o mesmo.

Exceto, é claro, os órfãos do lavajatismo e confundidos acerca da real natureza dos atos do dia 12.

No dia 11 de setembro o Diretório Nacional do PT vai se reunir e aprovará diretrizes para o período, inclusive a data de futuras manifestações da oposição de esquerda e parâmetros para ações conjuntas com outros setores que efetivamente defendam o impeachment de Bolsonaro.

(*) Valter Pomar é professor e membro do Diretório Nacional do PT

Comente!