Por Veridiana Pivetta de Mello*

 

A Articulação de Esquerda do Vale do Rio Pardo e Taquari (região centro do Rio Grande do Sul) lançou como sua pré-candidata a deputada estadual a assistente social Dianefer Berté Schwendler. Ela representa uma candidatura comprometida com os movimentos sociais de base, com as mulheres, com os LGBTs e que luta pelo socialismo. Com amplo apoio de petistas históricos Diene (como é conhecida) concorre para, além do número de votos, rearticular o partido na região. Ela e o grupo que a apoia fazem parte do Comitê pela Democracia e de Lula Livre de Santa Cruz do Sul, que foi criado para denunciar a prisão arbitrária de Lula e reivindicar o seu direito de ser candidato à presidência do Brasil.

Dianefer é mulher de luta! Começou sua militância aos 13 anos nos grupos de base da Pastoral da Juventude em Venâncio Aires. Foi na ação pastoral que ela desenvolveu a preocupação com as questões sociais. No grupo de jovens da Diocese se aproximou da militância política. Aos 16 anos se filiou ao Partido dos Trabalhadores. De lá para cá Diene se formou em Serviço  Social pela Unisc (Universidade de Santa Cruz do Sul) e atualmente é assistente social da Mitra Diocesana de Santa Cruz do  Sul. É no cotidiano do seu trabalho que Dianefer constata as dificuldades dos trabalhadores do Movimento dos Pequenos Agricultores, dos Quilombolas, dos Sem Terra, dos Catadores e da Juventude. Neste sentido, nasce sua luta na defesa da democracia e por políticas públicas de inclusão. Essa mulher de luta tem 30 anos e acredita na transformação social como caminho para outro mundo possível, verdadeiramente justo e igualitário.

 

* Veridiana Pivetta de Mello é professora universitária e militante do PT de Santa Cruz do Sul

 

Fonte: Página 13, n. 186, mai. 2018

Comente!

Fechar Menu
×

Carrinho