Hoje, quarta-feira (30), faleceu um dos maiores cartunistas de todos os tempos, o argentino Joaquín Salvador Lavado, conhecido como Quino, aos 88 anos de idade, em Mendoza.

O maior legado de Quino é a personagem Mafalda, cujas tirinhas começaram a ser publicadas em 1964, no contexto da ditadura argentina. A primeira tradução das tiras de Mafalda no Brasil aconteceu na década de 1970. Apesar de as tirinhas se passarem no contexto argentino, elas tinham caráter universal.

Deixamos aqui alguns dos seus trabalhos, como uma singela homenagem a esse artista que contestava as mazelas desse mundo com muito bom humor e leveza.

¡Quino, la lucha continua!

Quino no Brasil: o dia em que Mafalda encontrou a Mônica - Jornal O Globo

 

(*) com informações do Brasil de Fato

 

Comente!