Militantes da Articulação de Esquerda, Coletivo Dois de Julho e Esquerda Unida, forças políticas atuantes no PT da Bahia, lançam carta-manifesto exigindo a participação da pré-candidata à prefeitura da capital, apoiada pelo governador Rui Costa, em um debate com as demais pré-candidaturas. É imprescindível que isso ocorra antes da tomada da decisão pelo Diretório Municipal, no Encontro de Tática Eleitoral neste domingo. Democracia se faz com militância e não militarismo. Quem foge de debate é Bolsonarista

ESCOLHA DA CANDIDATURA DO PT PRECISA SER COM DEBATE E DEMOCRACIA!

Após mais de um mês de expectativa da militância, ocorreu o debate entre as pré-candidaturas à prefeitura de Salvador. Estiveram presentes o companheiro Juca Ferreira e a companheira Vilma Reis. Dos nomes ainda colocados, não participou a Major Denice Santiago.

Compreendemos que não é possível avançarmos para a escolha sem antes apresentar aos militantes no debate de ideias entre os candidatos com ampla participação dos filiados. Durante a construção da candidatura petista, observamos o cancelamento das prévias e o adiamento de alguns debates programados ao longo dos diversos momentos.

A democracia é um valor insubstituível para um partido como o PT. O debate é a melhor maneira de construirmos coletivamente um grande processo eleitoral que efetivamente ganhe Salvador. Avaliamos que o processo de decisão está sendo atropelado e isso fragiliza profundamente nosso instrumento de luta.

Por isso, solicitamos, antes da votação, a inclusão de um debate entre os candidatos na programação do Encontro para Escolha da Candidatura à Prefeitura que ocorrerá no Domingo no dia 26 de abril, fazendo desta atitude um exemplo para a construção política de um partido de esquerda.

Articulação de Esquerda
Coletivo Dois de Julho
Esquerda Unida

Comente!