O Rio de Janeiro continua lindo de morrer: a privatização da água na Cedae e a redução dos horários das barcas para a Ilha de Paquetá.

Por Adalton Mendonça (*)

Por favor, parem de falar mal do Governador do Estado do Rio de Janeiro. Graças a ele eu estou tomando água mineral todos os dias. Nunca pensei que um dia na minha vida eu agiria como um Lord inglês ou burguês francês. Estou tomando água mineral todos os dias e até para preparar o café. Quanto ao preço, ah! … a água está sendo vendida até quatro vezes o preço normal do litro.

Parem de criticar o governador. Até vejo vantagens se a empresa prestadora de serviços de barcas reduzir os horários entre o centro da cidade e as ilhas de Paquetá e a Ilha do Governador. A minha tia, por exemplo, mora em Paquetá, tem 77 anos de idade e tem problemas de reumatismo, artrite e artrose. Mas graças ao Governador ela está nadando. É  um milagre! Ela mora em Paquetá e ao invés de ir de barcas fazer fisioterapia no centro da cidade do Rio, agora ela vai nadando até o médico. Que bom que o horário das barcas é irregular e podemos fazer exercícios físicos regularmente.

Parem de criticar o governador, ele é amigo das crianças que fazem tratamento contra o câncer. Essas crianças agora podem ficar em casa não precisam ir ao hospital porque não têm barcas de madrugada para chegar cedo na fila. Ainda podem se divertir, pois se as crianças quiserem fazer tratamento contra o câncer e entrar na fila da quimioterapia de madrugada podem ir nadando pelo meio da Baía de Guanabara e brincando entre os montes de lixo no espelho d’água.

Vamos agradecer ao Governador. Estudantes que chegavam cansados de noite porque estudavam no centro da cidade e em outros bairros tinham que voltar de noite para suas casas na Ilha de Paquetá. Agora, graças ao Governador, eles podem dormir no centro da cidade. Lá tem marquises e calçadas quentinhas e confortáveis esperando esses jovens estudantes, futuros empreendedores do Brasil.

Parem de criticar o governador. Paquetá estava com muitos turistas e muitos ficavam até de madrugada consumindo nos bares e restaurantes. Com a redução do horário das barcas esses turistas não vão mais perder seu tempo nos bares e restaurantes da Ilha de Paquetá.  Obrigado Governador, você é genial.

Parem de criticar o governador. Até que a suspeita de contaminação da água por esgoto não é tão ruim assim. Pela primeira vez, os turistas podem provar gratuitamente a tal água “saporizada”. Veja bem, muitos turistas vêm ao Rio de Janeiro em busca do turismo “exotiqué”. Voalá, vai virar moda beber a água e saber se vai morrer ou não.  Obrigado, Governador. Estamos progredindo!

(*) Adalton Mendonça é militante petista no RJ

Comente!