Por Valter Pomar (*)

Ontem participei de uma homenagem ao companheiro David Capistrano.

Ele nos deixou em 2000.

Me coube falar da relação entre Davi Capistrano e o PT.

Hoje me dei conta de que cometi uma falha grave.

Esqueci de citar uma das mais geniais (e politicamente incorretas) frases de sua lavra.

A de que o PT teria uma base composta por soldados vietnamitas, dirigentes intermediários que lembravam aqueles sargentos ianques de filme e um estado-maior composto por generais paraguaios.

Lembrei disto ao ler uma notícia, publicada no jornal O Globo, sobre uma reunião em que dirigentes do Partido teriam feito pressão pela retirada da candidatura Tatto.

Certamente a notícia é falsa.

Pois seria simplesmente inacreditável que altos dirigentes nacionais se prestassem a fazer este tipo de serviço e ainda vazassem para a imprensa… do Rio!!

Pois vamos combinar: há seis meses, quando se definia qual seria nossa tática em São Paulo, havia várias alternativas e todas eram legítimas e factíveis.

Hoje, faltando poucos dias para a eleição, só há duas alternativas.

Uma é ampliar ao máximo a campanha, conquistar o máximo de votos populares, votar em Jilmar Tatto 13.

A outra é capitular ao bullying.

Capitulação que teria efeitos catastróficos, não apenas sobre a eleição de São Paulo.

Pois um partido que cede a este tipo de pressão, dificilmente levantará novamente a cabeça. E muito dificilmente terá o respeito da militância vietnamita.

Mas, como já disse, certamente a notícia publicada pelo Globo deve ser falsa.

Pois nem os generais paraguaios seriam capazes de tanta torpeza.

Todo apoio ao companheiro Tatto e, principalmente, aos milhares de militantes do PT que seguem buscando voto, não entre os convertidos, mas no povão.

ps: para os que gostam de citação, vai uma adaptação bíblica: Tudo tem seu tempo. O tempo agora é de lutar, lutar e lutar.

(*) Valter Pomar é professor e membro do Diretório Nacional do PT


 

(**) Textos assinados não refletem, necessariamente, a opinião da tendência Articulação de Esquerda ou do Página 13.

Comente!