Por Redação Página 13 (*)

Conforme previsto, o sistema eleitoral adotado na eleição do Andes Sindicato Nacional agravou o que já seria um problema, devido a pandemia: o número de votantes no primeiro dia foi muito baixo. Para quem deseja um sindicato que representa uma vanguarda minoritária, isto não é um problema. Mas para quem deseja um sindicato de massas, é um imenso problema.

Em São Paulo, por exemplo, nas duas maiores universidades em número de docentes, a USP e a Unicamp, se projetarmos os números do primeiro dia, se não for ampliada a participação, corremos o risco de ao final terem votado apenas 480 docentes. Um quórum muito mais baixo do que nos anos anteriores.

Como a votação vai até sexta, a oposição está mobilizada para ampliar a participação, em todo o país. Assim, se você quer ajudar a mudar os rumos do Andes, entre em contato com os e as docentes que conhece e faça a pergunta clássica: já votou?


(*) Contato: redacao@pagina13.org.br

Comente!