Página 13 divulga nota da tendência petista Articulação de Esquerda de Campinas, a qual lamenta que uma maioria muito estreita do diretório municipal tenha rejeitado a convocação de prévias para decidir a candidatura a prefeito.

O DIA 13 DE JUNHO ENTRARÁ PARA A HISTÓRIA DO PT CAMPINAS

O Partido dos Trabalhadores de Campinas, através de seu Diretório Municipal, acaba de tomar uma lamentável decisão.

Em uma votação apertada (23 votos contra 22), uma maioria composta por dirigentes ligados as tendências Militância Socialista, PT de Luta e de Massas, Novo Rumo e Avante rejeitou a convocação de prévias para decidir nossa candidatura a prefeito.

Em seguida, também por 23 a 22, o Diretório Municipal reduziu o número de delegados que poderão participar do Encontro Municipal que tomará a decisão: de 600 para 300 delegados.

Não há limitação “técnica” que justifique a escolha feita nas duas votações.Há sistemas eletrônicos seguros que permitiriam a participação de todos os filiados e filiadas ao PT, no processo de escolha da nossa candidatura a prefeito.

Aliás, os companheiros e companheiras que votaram contra as prévias em Campinas deveriam se informar sobre polêmica recente ocorrida na capital de São Paulo, onde militantes ligados à algumas das tendências que aqui votaram contra as prévias, lá defenderam as prévias e acusaram a proposta vencedora (parecida com a que aqui venceu) de ser um “colégio eleitoral”.

E é disto que se trata: num momento em que deveríamos ampliar a participação da militância petista, uma estreita maioria do Diretório excluiu a maior parte da militância do processo de decisão.

Num momento em que deveríamos somar esforços e realizar um processo que nos anime e prepare para eleger o Prefeito de Campinas, aprovou-se excluir a maior parte dos filiados e filiadas. Quem planeja ganhar excluindo, não merece carregar a bandeira de nosso partido nas eleições de 2020.

Assim como não há limitação técnica, tampouco há exigências de calendário para convocar um pequeno encontro, ao invés de uma prévia. Aliás, os mesmos que decidiram pelo colégio eleitoral, são os que vieram postergando a decisão sobre nossa candidatura a prefeito. Criaram dificuldades e agora oferecem ainda mais dificuldades, pois ao decidir que não querem ouvir toda a base partidária, estão tornando mais difícil para o conjunto do Partido defender a democracia e a participação popular na campanha eleitoral e na sociedade.

Os filiados não podem ser substituídos pelos delegados indicados pelas chapas eleitas no último PED, pelo simples motivo de que aquelas chapas não foram eleitas tendo como base a discussão sobre quem seria nosso candidato a prefeito. Na prática, se está impedindo que os filiados manifestem seu ponto de vista. Mais grave ainda: segundo as regras do Partido, quem decide quem serão os delegados e delegadas são as pessoas que inscreveram as chapas. Ou seja: corremos o sério risco de que alguns “coronéis” (aqueles que registraram algumas das chapas) decidam quem será e quem não será delegado, excluindo do direito de ser delegado quem pensa diferente deles. Além disso, por estreita maioria (23 a 22), foram excluídos do direito de decidir todos os filiados e filiadas que não são ligados a alguma das chapas que disputaram o PED de 2019!!!.

Falemos claro, portanto: começamos mal a campanha eleitoral, alijando a base militante deste processo, em uma decisão por maioria de 1 voto, que desrespeita o Estatuto do PT (que determina a realização de prévias partidárias).

Mas não vamos entregar os pontos. Os apoiadores de quatro pré-candidaturas defenderam o colégio eleitoral. Os apoiadores de uma pré-candidatura defenderam as prévias. Nos faltou um voto para ganhar no Diretório Municipal. Mas sabemos que isto não reflete a posição da base partidária e do eleitorado petista e de esquerda. Apelamos a esta militância de base, para que entre em cena, para nos ajudar a ganhar o encontro e permitir que o PT tenha uma candidatura capaz de expressar uma alternativa democrática e popular para a imensa crise que vive nossa cidade.

Direção Municipal da Tendência Petista Articulação de Esquerda
13.06.2020.

Este post tem um comentário

Comente!