Nos dias 10 e 11 de abril de 2021, a tendência petista Articulação de Esquerda realizou seu 6º Congresso Nacional e aprovou várias moções, entre elas, uma sobre a CPI da Covid, que publicamos a seguir.

Criticamos duramente a declaração pública do senador Jaques Wagner (BA), que diz não ser contra a CPI da Covid-19, apenas ser contra fazer a CPI neste momento. No fundo, o senador tira todas as consequências da posição de um setor da esquerda que diz ser a favor do impeachment, mas não agora. Não desconhecemos o risco da maioria conservadora no Senado transformar a CPI em palanque para atacar os governos de esquerda, nem o risco da direita pedir CPI nas cidades e estados governados pela oposição. Mas não podemos ficar paralisados, nem ceder à chantagens, muito menos com o inaceitável “argumento” utilizado pelo senador: contrapor de um lado a “defesa da vida” e de outro lado a luta política. Já havíamos ouvido este “argumento” quando o Brasil contabilizava 3.500 mortos. Não é aceitável ouvir isto quando o Brasil contabiliza mais de 350 mil mortos. A bancada do PT no Senado deve encampar a luta para que a CPI investigue e puna os crimes cometidos por Bolsonaro e seus cúmplices.

Deixe uma resposta