Por Valter Pomar (*)

Não queria ter que dizer isso. Muito menos hoje. Nem mesmo antes do fim do segundo turno. Mas se Lula se acha no direito de dizer o que disse, publicamente, ele dá a todo mundo o mesmo direito.

Aqui está: https://outline.com/VDJwyC

Lula é o principal dirigente do PT.

Por ação ou por omissão, ele é o principal responsável pela tática adotada pelo PT paulistano nas eleições de 2020.

Uma vez adotada esta tática, ela passou a ser a tática do Partido. E só o partido, através de suas instâncias democráticas, poderia alterar esta tática.

Nem o candidato, nem a presidenta nacional, nem o presidente estadual, nem o Lula, poderiam alterar esta tática.

Decisões monocráticas são uma herança feudal.

E o que está em jogo não é um assunto que diga respeito apenas a liberdade de cada um. Pois quando se decide livremente fazer parte de um partido, ser uma liderança ou assumir uma candidatura, se está também assumindo livremente certos limites a liberdade individual.

Por fim: acho lamentável e vergonhoso que Lula tenha dito isso neste momento, quando a votação ainda está em curso.

À militância vietnamita do PT e Tatto 13, toda minha solidariedade!

(*) Valter Pomar é professor e membro do Diretório Nacional do PT


(**) Textos assinados não refletem, necessariamente, a opinião da tendência Articulação de Esquerda ou do Página 13.

Comente!