A Editora Página 13 acaba de publicar o livro  Amileto & São Longanso: contos do sertão profundo de Wladimir Pomar. A obra é resultado de duas experiências vividas pelo autor:

Durante boa parte da segunda metade dos anos 1960 vivi a vida de posseiro e pequeno agricultor no norte de Goiás (hoje Tocantins). Convivi com outros agricultores similares e com um número crescente de lavradores oriundos principalmente do Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Bahia e Minas. Tudo coincidindo com a modernização conservadora do atrasado sistema latifundiário existente no Brasil,
implantada pela ditadura militar.

Em 1983, o passado para o qual realmente retornei foi o da Matriz de São Gonçalo, de modo a realizar a pesquisa e o relatório pedidos por Dom Fragoso. Relatório que, numa primeira versão, teve o formato comum de qualquer relatório, e que consta desta publicação com o título São Loganso – Relatório Preliminar. A segunda versão, São Loganso – Um Sertão Serrano, a pedido do próprio bispo, teve o formato de um conto sobre as andanças, pesquisas, reuniões e descobertas de um tal Valdir, ou Zé Alves, no aglomerado populacional de Matariz de São Loganso, situado na serra de Ibipeba. Ambas as versões assinei como Ventura Torres.

O livro está disponível em formato digital para ser baixado: Amileto SaoLoganso – Wladimir Pomar 2019 final2

Comente!

Fechar Menu
×

Carrinho