Por Página 13 (*)

Na última sexta-feira (17/09), membros da direção estadual da Bahia da tendência petista Articulação de Esquerda foram informados de que a Executiva Estadual do PT-BA (onde a tendência não tem assento), iria se reunir para apreciar 2 (dois) recursos contra o credenciamento para o Encontros Setoriais: a) envolvendo  3.000 filiadas(os), b) filiados em duplicidade.

E qual o fundamento básico do primeiro recurso? Segundo palavras do próprio recorrente: “apropriação indevida do cadastro dos filiados”. E qual técnica foi utilizada para a suposta “apropriação indevida”? Voltemos às palavras do próprio recorrente: “utilização de provedores não usuais e de natureza duvidosa para criação de e-mails” . Ainda segundo consta no recurso, a comprovação das alegações recursais ocorreu através da “conferência de cerca de 60 extensões utilizadas com este fim, visto que a busca por estes endereços não alcança sucesso na rede de mundial de computadores, ou: a. são direcionados a páginas de pouca confiança, ou; b. são direcionados a páginas que não permitem que o detentor do e-mail acesse a suposta conta diretamente no ambiente web”.

Seguem algumas extensões suspeitas de sites, que constam do recurso, a título de exemplo: advew.com; alternativa.com.br; alternativaliivre.com.br;  ALTERNATIVALIVRE.COM; alternativalivre.com.be; ALTERNATIVALIVRE.COM.BR; amentionq.com; awsupplyk.com; biyac.com; bolanet.com.br; defenceds.com; discretevtd.com; dromancehu.com; dtheatersn.com; fenceve.com; gmhotmail.com; gmhotmail.com.br.

Em suma, se há direcionamento a páginas que não permitem acesso ao suposto detentor do e-mail (no caso, o filiada(o)), logo trata-se de um terceiro que centraliza, através do provedor, o conjunto do cadastro dos filiados. Para exemplificar o alcance da “apropriação indevida”: “em 26 municípios mais de 50% dos filiados estão nesta condição. Em Salvador é destaque uma vez que 1.322 dos 3.987 que foram credenciados estão com e-mails suspeitos, o que corresponde a 44% de todos os filiados nessa situação no estado da Bahia”.

Exemplificação da inexistência da página ou caminho para acesso ao e-mail pelo suposto usuário:

No recurso, há uma relação de provedores particulares criados recentemente (com os nomes dos proprietários), contratados e financiados por terceiros sem nenhum vínculo institucional, nestes casos o filiado ou filiada, depende que um terceiro mantenha o contrato do provedor para ter assegurada a disponibilidade do endereço de e-mail credenciado.

Em reunião realizada pela Executiva Estadual do PT-Bahia, a decisão foi pelo cancelamento dos credenciamentos identificados nas condições acima descritas, considerando que a inclusão indevida de e-mail pode levar a alteração, também, de outros dados, número de telefones, por exemplo.

Mas, eis que, parecer da SORG (Secretaria de Organização) Nacional identifica o problema sob a rubrica de “provedor particular temporário”, ao passo que indica a exclusão dos referidos e-mails, mas autoriza a votação destes filiados(as) que receberão os links para votação nos números de celulares cadastrados.

Em relação ao recurso contra filiados com registro em duplicidade, a executiva acolheu o pedido para excluir o registro duplo.

(*) redacao@pagina13.org.br

 

 

Este post tem 2 comentários

Comente!