Por Fundação Perseu Abramo (*)

Perseu Abramo nasceu num 17 de julho em 1929. Filho de Athos Abramo e Atea Tomasinni Abramo, foi jornalista e professor. A partir de 1979, quando foi demitido da Folha de São Paulo onde era editor de Educação desde 1972, passou a dedicar-se às duas atividades talvez mais fundamentais de sua vida: a docência e a militância.

Uma parte da história de Perseu Abramo está registrada no livro “Um Trabalhador da Notícia” (Editora da Fundação Perseu Abramo, 1997), coletânea de crônicas, colunas e artigos publicados pela grande imprensa e pela imprensa alternativa dos anos 1970-1980.

Perseu morreu em 6 de março de 1996 e o Partido dos Trabalhadores homenageou um de seus fundadores dando seu nome a uma fundação dedicada à memória, à formação política e ao debate.

(*) Publicado no site e nas redes sociais da FPA

Comente!