Por Ricardo Menezes (*)

Hésio Cordeiro.
(1942-2020)

Médico e militante do antigo Partido Comunista Brasileiro (PCB), que, na sua atuação política nas instituições e fora delas, desde jovem no início dos anos 1970, junto com outros intelectuais, iniciou a reflexão sobre o Sistema de Saúde realmente existente no Brasil naquele momento e a concepção de uma alternativa, de inspiração socialista, de Sistema Público de Saúde nacional.

Foi um dos intelectuais orgânicos da classe trabalhadora, no sentido que Antonio Gramsci empresta a essa expressão, que contribuiu sobremaneira para a formulação da proposta inicial do Sistema Único de Saúde (SUS).

Hésio Cordeiro nos deixou hoje [08/11] aos 78 anos.

Sobre a sua importância na vida política e cultural do país, haverão muitos que escreverão sobre a densa atuação pública de Hésio Cordeiro.

Neste momento, a mim cabe manifestar reverência e, por que não?, saudades.

Viva Hésio Cordeiro!

São Paulo, 8 de novembro de 2020

(*) Ricardo Menezes é médico sanitarista

Comente!