Por Gilberto Gomes (*)

Não irei ceder a qualquer tipo de intimidação ou retaliação. Hoje, após publicar uma matéria em meu blog, que denunciava que os dois deputados campistas em Brasília votaram contra a extensão do auxílio-emergencial até dezembro, sofri tentativas de intimidação por parte de alguns aliados de um destes deputados, que me acusavam de praticar fake news.

Não há fake news! Marcão, aliado de Rafael Diniz e Wladimir Garotinho, embora disputem o poder na cidade em lados opostos, votaram juntos contra a proposta de ampliação do auxílio emergencial até dezembro, imprescindível para socorrer milhares de famílias desempregadas no Brasil por conta da pandemia.

Mas eu não recuo um centímetro sequer. A verdade é uma só: ambos votaram contra a proposta, como pode ser conferido na transmissão da TV Câmara e de outros deputados presentes e favoráveis à prorrogação.

(*) Gilberto Gomes é militante da juventude, da educação e pré-candidato a vereador pelo PT em  Campos dos Goytacazes (RJ).

Comente!