Pagina 13 divulga mensagem do companheiro Valter Pomar, integrante do Diretório Nacional do PT, manifestando o absurdo da atitude do secretário geral que se negou a aceitar as emendas da tendência Articulação de Esquerda ao texto-base, para que sejam submetidas à votação do DN deste sábado,  sob o pretexto de que estas emendas fazem parte de uma proposta de tese derrotada.

Isso contraria os procedimentos que o Partido sempre adotou e, especialmente, o princípio do debate plural, coletivo e democrático que tanto prezamos. Esperamos que o conjunto da direção nacional, na reunião de hoje, não acate essa decisão que fere a democracia interna. Para acessar as emendas, clique aqui: Arquivo com as emendas (emendas aditivas em vermelho e supressivas em verde)

Mensagem do companheiro Valter Pomar (*)

“Companheiras e companheiros do DN

Amanhã [hoje] faremos nova reunião do DN, para concluir a votação das emendas.

O companheiro Paulo Teixeira, secretário geral, encaminhou para todo o DN, através desta lista de zap, a sistematização do que irá a voto.

Nesta sistematização, ele desconsiderou as emendas que a tendência petista Articulação de Esquerda apresentou em 28 de abril e reapresentou em 29 de abril.

Eu imaginei que o companheiro tivesse desconsiderado nossas emendas, por esquecimento.

Mas ele acaba de me informar que ele desconsiderou nossas emendas porque, palavras dele, “o entendimento é que as emendas de vocês fizeram parte de um texto que fez parte do debate e foi votado”.

Acontece que sempre foi assim, na história do PT.

Depois que se perde a votação da tese guia, as teses derrotadas destacam trechos de seus textos derrotados e apresentam como emendas.

Não se trata de uma manobra, mas sim de um procedimento absolutamente normal.

Ou seja: mesmo tendo sido recusado globalmente nosso texto completo, propomos ao DN que aceite aspectos dele.

O companheiro Paulo Teixeira não concordou com meu argumento e pediu que eu “levante essa preliminar amanhã [hoje]”

Como nosso tempo amanhã será curto, levanto essa preliminar imediatamente.

Destaco que se prevalecer o entendimento do secretário geral, estará criada uma nova regra segunda a qual emendas NÃO podem fazer parte dos textos que tenham sido apresentados na votação preliminar.

Espero que prevaleça a democracia.

Atenciosamente, saudações petistas”

(*) Valter Pomar  é integrante do Diretório Nacional do PT e professor da UFABC

 

Comente!