Página 13 publica carta de apresentação do candidato a vereador em Campo Grande (MS).

Orlandinho é bancário, sindicalista, preto e gay. Está filiado há 24 anos no PT e milita organicamente na AE desde 2001.

Presidiu, no final dos anos de 1990, o DCE da UFMS. Atualmente é Secretário Jurídico do Sindicato dos Bancários de Campo Grande, Secretário de Mobilização e Relação com os Movimentos Sociais da CUT-MS e membro do Conselho Nacional da CONTRAF-CUT.

Foi vice-presidente do PT de Campo Grande, atuou na JPT e, hoje, integra os coletivos LGBT e Sindical do partido, além de compor a direção municipal da AE de Campo Grande e a direção estadual da AE do Mato Grosso do Sul.

Tem forte atuação na luta em defesa da classe trabalhadora e milita pelos Direitos Humanos, em especial, as pessoas LGBTI+, movimento negro, juventude da periferia e crianças e adolescentes.

É candidato a vereador para defender o direito à cidade e ser um mandato popular e participativo para os trabalhadores, além do permanente combate contra a cultura do ódio, a onda fascista e o governo antipovo.

Seu mandato será conduzido por 3 eixos:

1) luta popular;

2) ação coletiva e democrática;

3) de projeto socialista.

Comente!