Página 13 divulga comentário do companheiro Aloizio Mercadante sobre a peça publicitária  da direita neoliberal versando sobre os malefícios do  “Custo Bolsonaro”, mas que habilmente esconde o “Custo Neoliberal”, especialmente ao povo brasileiro.

Por Aloizio Mercadante (*)

Uma forte divulgação, alguma sutileza, mas essencialmente neoliberal esta campanha. O Guedes é poupado e a crítica é não ter entrado na OCDE. E esta pauta neoliberal esteve na raiz do golpe contra a Dilma, na prisão e retirada de direitos de Lula, no apoio aberto e descarado do mercado financeiro à tragédia Bolsonaro. Precisamos produzir um outro vídeo, com o custo da fome, do desemprego em massa, da carestia, do negacionismo, do abuso de preços nos combustíveis, do esquartejamento da Petrobras com as privatizações…

O vídeo [ao final] é claramente uma crítica bem feita, profissional, sutil, mas neoliberal. É um campo que também se move para 2022, com proteção à agenda neoliberal.

(*) Aloizio Mercadante é presidente da Fundação Perseu Abramo

Abaixo, o vídeo comentado:

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta