Página 13 divulga curso promovido pela ELAHP (Escola Latino-americana de História e Política) e pela Caixa de Ferramentas.

TROTSKY e STALIN: polêmicas sobre a luta pelo socialismo na URSS e no mundo

A Revolução de 1917, seus antecedentes, seus desdobramentos, a União Soviética e o movimento comunista internacional, são assuntos envoltos em imensa polêmica.

Esta polêmica começou já na época e prossegue até hoje, envolvendo desde inimigos declarados do comunismo, até cada uma das tradições vinculadas direta ou indiretamente a própria revolução, como é o caso dos anarquistas, dos socialistas revolucionários, dos socialdemocratas e dos comunistas.

Entre estes últimos, a Revolução de 1917 e seus desdobramentos também foi e segue sendo objeto de intensas polêmicas.

São inúmeros os protagonistas desta polêmica, que já dura mais de um século. Para citar alguns nomes de pessoas que foram, ao mesmo tempo, analistas e protagonistas dos acontecimentos: Plekhanov, Rosa Luxemburgo, Lenin, Preobazensky, Bukharin, Trotsky e Stalin.

Entretanto, por diversos motivos, grande parte das pessoas salta a complexidade do debate e das alternativas envolvidas e, quando fala em Revolução Russa, pensa apenas ou principalmente em Lenin, em Trotsky e em Stálin.

Este ano de 2020, por ocasião do sesquicentenário do nascimento de Vladimir Ilich Ulianov, a Escola Latinoamericana de História e Política e a Caixa de Ferramentas ofereceram um curso intitulado LENIN, VIDA E OBRA, mas cuidando de situar a pessoa, no contexto histórico. e de colocar este contexto, em particular a luta entre as classes e os estados, como a variável central.

Nesta mesma linha, a Elahp decidiu oferecer um curso acerca da luta pelo socialismo na URSS e no mundo, tendo como fio condutor as posições defendidas por Trotsky e por Stalin, mas tendo como objetivo abordar as polemicas que envolveram estas duas personalidades, no contexto mais amplo e determinante da luta entre as classes e entre os estados.

Vale lembrar que no dia 21 de agosto de 1940, há 80 anos, Trotsky foi assassinado no México, como parte de uma operação decidida pela cúpula do Partido Comunista da URSS, então encabeçado por Stálin.

A programação do curso inclui 12 aulas, que terão 2 horas de duração, sempre começando as 21h e terminando as 23h, oferecidas simultaneamente na sala zoom e através de youtube.

Para mais detalhes e matrícula, acesse o link: https://elahp.com.br/trotsky-e-stalin/

Comente!