Por Daniela Matos (*) 

O Congresso Nacional do PT ocorre de 22 a 24 de novembro de 2019, e depois é hora de descansar e aproveitar o fim de ano, certo? Errado! Passado o Congresso, temos uma série de compromissos na agenda política da Articulação de Esquerda, além de seguir na mobilização pela anulação dos julgamentos de Lula, e pela derrota do governo Bolsonaro e de suas medidas anti-povo.

Plenária Nacional

A plenária nacional ocorrerá nos dias 13, 14 e 15/12/2019, em São Paulo, na sede nacional do PT, com a seguinte pauta:
a) análise da conjuntura e tática em 2020;
b) balanço do congresso do PT e as tarefas da AE.
Participarão, com direito a voz e voto, todos os dirigentes da tendência (todo militante que ocupe cargos de direção na tendência, em qualquer nível; no partido, em qualquer nível; nos movimentos sociais, em qualquer nível; em governos e mandatos) que estejam em dia com suas obrigações financeiras.
Poderão participar, sem direito a voz e voto, todos os militantes da tendência que estejam em dia com suas obrigações financeiras.

A programação é a seguinte:
13/12, sexta, 14h – reunião da DNAE;
19h – debate aberto (com convidados) sobre a situação política
14/12, sábado, 9h – leitura, debate e aprovação da resolução proposta pela DNAE sobre balanço do congresso do PT, a conjuntura, a tática e as tarefas políticas da AE;
14h – reunião em grupos para debater os seguintes temas (um tema por grupo): 
1) comunicação, finanças e organização da tendência;
2) movimentos sociais e lutas de massa;
3) construção do Partido dos Trabalhadores;
4) eleições 2020;
5) cultura;
6) LGBT;
7) combate ao racismo.
18h – noite livre e reunião da comissão de sistematização
15/12, domingo, 9h – apresentação do relatório da comissão de sistematização e aprovação do plano de trabalho 2020 da AE
13h – encerramento da reunião

Os custos de transporte, hospedagem e alimentação correm por conta de cada participante.

Lutas Urbanas

De 24 de janeiro a 02 de fevereiro de 2020 uma série de atividades ocorrerão em São Paulo. Uma delas é o Seminário Nacional de Lutas Urbanas, dias 24 e 25/1/2020. Participarão militantes da AE que atuem nos movimentos de luta por moradia; de luta por transporte; de luta por saúde; conselhos tutelares; movimentos de desempregados; catadores de papel; sindicatos de servidores municipais; cooperativismo.

Constam da pauta:
a) debate geral sobre o momento político;
b) debate sobre a luta pelas reformas, em especial aquelas ligadas às lutas urbanas e o que elas representam; nossa concepção sobre os movimentos de lutas urbanas e seu papel na transformação da sociedade brasileira;
c) debate sobre nossa organização: mapeamento da atuação dos militantes da AE e o papel de cada um; como fomentar este debate nacionalmente; a construção da nossa intervenção.

Juventude da AE 

A XII Conferência Nacional da Juventude da AE, dias 24 e 25/01/2020
A eleição das/os delegadas/os para a Conferência Nacional será feita em Conferências Municipais e/ou Intermunicipais, convocadas especialmente para este fim pelas respectivas Direções Estaduais da AE. Nos casos nos quais as direções estaduais não funcionem, a CNJAE, ad referendum DNAE, convocará as conferências estaduais e municipais.

A pauta da XII Conferência é a seguinte:
a) A situação e organização da juventude trabalhadora no Brasil;
b) Concepção sobre a Juventude do PT e a Juventude da Articulação de Esquerda;
c) Desafios e perspectivas do PT e da AE no movimento estudantil;
d) Balanço e organização da Juventude da Articulação de Esquerda;
e) Eleição da nova Coordenação Nacional de Juventude da Articulação de Esquerda.
O texto-base terá sua versão final aprovada pela Direção Nacional da AE, em  reunião dia 13/12/2019.

Jornada de Formação 

A 19ª Jornada Nacional de Formação, de 27 a 31/01/2020
A 19ª Jornada oferecerá um curso:
“PARTIDO DOS TRABALHADORES 40 ANOS: HISTÓRIA, PROGRAMA, ESTRATÉGIA, ORGANIZAÇÃO E DESAFIOS”
O curso será aberto à militância da AE e a todo militante petista.
A taxa de inscrição será definida até dezembro. Pela primeira vez, a estadia não será no local do curso, e possibilidades de alojamento gratuito e hospedagem solidária estão sendo verificadas.
As noites serão ocupadas por atividades definidas pelos alunos no momento da apresentação do curso, podendo ser desde noite livre até aulas sobre outros temas, debates, atividades culturais etc.

                                          PROGRAMAÇÃO:
27 DE JANEIRO
8h/12h
Apresentação dos participantes; apresentação do curso; regras do local
“O Brasil e o Mundo antes de 1980”: Aula panorâmica sobre a situação internacional, latinoamericana e brasileira até o final dos anos 70 (grandes lutas, grandes questões)
14h/18h- “A Fundação do PT”
Como estavam a esquerda e a classe trabalhadora na segunda metade dos anos 70; as polêmicas e as lutas do período; as opções feitas pelos vários setores da esquerda, inclusive aqueles que deram origem ao PT; como foi a fundação do Partido

28 DE JANEIRO
8h/12h
“O Brasil nos anos 80”: Período final da ditadura militar; campanha das Diretas Já; o Colégio Eleitoral; a eleição de Tancredo e a posse de Sarney; o governo Sarney; até a eleição de 1989. Descrição do Brasil no período e a situação mundial (ascensão do neoliberalismo, crise do campo socialista)
14h/18h
“A Trajetória do PT nos Anos 80”: Lutas sociais, fundação da CUT e MST, reconstrução da UNE; a formação e o funcionamento do Partido, as polêmicas internas do período; criação da Articulação; as eleições de 82, 85, 86, 88; a eleição de 1989, Campanha Lula

29 DE JANEIRO
8h/12h
“O Brasil nos Anos 90”: O mundo nos anos 90: a queda do Muro de Berlim, o fim da URSS, a crise do campo socialista, a guinada à direita da socialdemocracia, a nova onda neoliberal com discurso de centroesquerda; no Brasil: governo Collor, a campanha Fora Collor, a posse de Itamar, a preparação da vitória de FHC, a vitória de FHC e seus dois governos neoliberais
14h/18h
“O PT no período neoliberal”: A reação do Partido à derrota de 89; a proposta de uma política de centroesquerda; a reação da esquerda partidária; 8º Encontro Nacional do PT; a formação da Articulação de Esquerda; campanha de 1994; as disputas dentro do PT; a retomada do controle partidário pela Articulação; a presidência de José Dirceu; a implementação da política de centroesquerda, em especial nas eleições de 1996, 1998, 2000 e 2002.

30 DE JANEIRO
8h/12h
“O Brasil no período dos governos Lula e Dilma”: Panorama do que aconteceu no Brasil e no mundo no período 2002/2016 (da campanha Lula até o golpe contra Dilma)
14h/18h
“O PT no período dos governos Lula e Dilma”: Como o partido se posicionou e atuou frente a este período (2002 a 2016)

31 DE JANEIRO
8h/12h
“O Brasil pós-golpe – 2016 a 2020”: Governo Temer, eleição 2019, governo Bolsonaro
14h/18h
“O PT no período pós-golpe”: Atuação do PT no último período, até o 7º Congresso do PT

Conferência Sindical 

A Conferência Sindical da AE será realizada nos dias 30 e 31/01/2020
Serão delegadas/os as/os militantes da AE em dia com suas obrigações financeiras que forem eleitas/os entre as/os militantes da AE de sua respectiva base sindical em reunião de base especialmente convocadas para este fim. Sindicatos e oposições nacionais poderão realizar a reunião por meio virtual, mediante solicitação e autorização da coordenação sindical nacional, respeitados os mesmos critérios das reuniões presenciais.

A pauta da Conferência Nacional Sindical da AE é a seguinte:
a) conjuntura e tática;
b) a construção e a disputa de rumos da CUT;
c) balanço da situação interna e tarefas; e
d) eleição da nova Coordenação Sindical Nacional;

Mulheres da AE 

A Plenária Nacional de Mulheres será nos dias 01 e 02/02/202
Participarão, com direito a voz e voto, todas as mulheres em dia com suas obrigações com a tendência, que sejam dirigentes da tendência em qualquer nível (que ocupe cargos de direção na tendência, no partido, nos movimentos sociais e sindical, nos mandatos da AE, ou em governos do PT); tenham sido candidatas nas eleições de 2016 ou 2018; tenham sido delegadas nos Congressos Estaduais e/ou no 7° Congresso Nacional do PT, no 13º Concut e/ou respectivos Cecuts ou no 57º CONUNE).

A pauta da Plenária é a seguinte:
a) Conjuntura e as mulheres da classe trabalhadora;
b)Balanço da política de mulheres do PT;
c) Informe Elas por Elas e tática das mulheres da AE para a eleição de 2020;
d) Política das mulheres da AE nos movimentos – MMM, AMB, Mulheres da CUT, MMC e outros);
e) Balanço da organização das mulheres da AE (maio de 2018 a janeiro de 2020);
f) Construção da Conferência Nacional de Mulheres da AE e tarefas de fevereiro a abril de 2020.
A 5a Conferência Nacional das Mulheres da Articulação de Esquerda tem indicativo de acontecer de 18 a 21/04/2020.

(*) Daniela Matos é dirigente nacional da AE

Este post tem um comentário

  1. João Carlos de Moraes

    Analisar o contexto da luta de classes que estamos inseridos. Preparar a tática e a estratégia para a luta social e política. Apontar a perspectiva do socialismo como horizonte a ser conquistado. Algumas de nossas ações.

Deixe uma resposta para João Carlos de Moraes Cancelar resposta