Nota Pública

O Movimento Nacional de Direitos Humanos MNDH ES, no seu compromisso ético e político de defender a vida e a dignidade humana e a se opor de forma intransigente a todas as formas de violência, vem a publico manifestar sua perplexidade, indignação e consternação diante de mais um ato brutal que ceifou a vida de dois jovens negros da periferia de Vitoria.
Damião Reis de 22 anos era Passista da escola de samba da Piedade, dava aula em um projeto Social de vitória onde ensinava adolescentes e jovens a pratica da capoeira e na madrugado do ultimo domingo dia 25. Damião (22 anos) e seu irmão Ruan Reis (19 anos), tiveram suas vidas, precocemente e violentamente interrompidas no morro da Piedade em Vitoria ES.
O Espírito Santo figura há anos entre os Estados que mais mata Jovens negros no Brasil. Manifestamos a nossa solidariedade a família enlutado e exigimos das autoridades a implementação das políticas publicas para cessar o extermínio da juventude negra.
As ruas da comunidade da Piedade esta vermelho pelo sangue de Damião e Ruan que corre no asfalto.
Não permitiremos que o silencio e a indiferença do Estado seja a resposta dada a nós e as mães que derramam suas lagrimas por seus filhos vitimados de forma hedionda e de execução. Para nós estas vidas importam e não deixaremos que venham a compor as estatísticas de crimes insolúveis e esquecidos no Espírito Santo
Exigimos ainda que as autoridades da segurança publica, apurem com rigor e legalidade investigativa lançando mão dos instrumentos tecnológicos e científicos para elucidar o crime e responsabilizar os culpados.
Damião e Ruan – Presente!!!!!
Essas Vidas IMPORTA!!!!!!
Vitoria, 25 de Março de 2018
#DireitosHumanosjá

MNDH-ES
Movimento Nacional dos Direitos Humanos

Comente!

Fechar Menu
×
×

Carrinho