Publicado originalmente no site do Comitê Lula Livre

No dia 14/04, próxima quarta-feira, está marcada a sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF), em que o destino das decisões recentes sobre Lula pode ser discutido. Os movimentos sociais, partidos e comitês estaduais lançam o Alerta Lula Livre, com mobilizações nas redes para manter a vigilância sobre qualquer retrocesso.

Confira a programação, que se iniciou no último dia 07, com a live dos 3 anos de prisão injusta de Lula (assista aqui!):

09/04 – Oficina de Comunicação popular em tempos de pandemia
10/04 – Oficina de Agitação em redes sociais: Twitter
11/04 – Cine Lula Livre, com exibição dos curta-documentários
12/04 – Mutirão de pressão no STF #LulaInocente
13/04 – Mídia alternativa entrevista ABJD sobre os efeitos do dia 14
 Oficina de projeção
14/04 – Ações simbólicas e Alerta Lula Livre

Um recurso da Procuradoria Geral da República (PGR) contra a decisão do ministro Fachin que anulou os processos conduzidos por Moro contra Lula será apresentado ao plenário. A defesa do ex-presidente apresentou um embargo para que a discussão não aconteça ali no plenário, mas, como de protocolo, na própria Segunda Turma.

Neste Alerta Lula Livre, a militância pretende criar um clima de vigilância cívica permanente através de diálogo e informação, para que nenhum retrocesso aconteça em nome da articulação das forças obscuras que já golpearam a democracia brasileira por mais de uma vez.

Comente!