Dia Internacional da Mulher terá manifestações em todo o Brasil e deve abordar temas como equidade de salário entre gêneros e combate ao feminicídio

 

Às vésperas de mais um Dia Internacional da Mulher, no próximo 8 de março, uma série de manifestações agendadas por todo o Brasil têm como foco a luta e a resistência das mulheres no Brasil pós-golpe.

Denunciar o ataque sistemático aos direitos das mulheres por um governo ilegítimo e sem apoio popular, defender a democracia e o direito de Lula ser candidato, além de combater e denunciar a falta de equidade de salários e a violência contra a mulher são algumas das pautas que irão marcar os atos marcados nos estados.

Confira abaixo os estados que já confirmaram eventos para o 8 de Março:

Acre
Local: Rua Arlíndo Porto Leal, 241 – Centro, Rio Branco
Horário: 8h

Alagoas
Local: Praça Centenário, Farol – Caminhada até o Palácio Estadual, Maceió
Horário: 8h

Amazonas
Local: Praça da Saudade, Manaus
Horário: 15h

Ceará
Local: Praça da Bandeira, Rua Meton de Alencar, Centro, Fortaleza
Horário: 8h

Distrito Federal
Local: Museu Nacional da República, Brasília
Horário: 14h

Espírito Santo
Local: Praça de Jucutuquara – Caminhada até o Palácio Anchieta, Vitória
Horário: 13h

Maranhão
Local: Concentração em frente ao Colégio Liceu Maranhense, São Luís
Horário: 15h

Mato Grosso do Sul
Local: Em frente da Casa da Mulher Brasileira de Campo Grande
Horário: 17h30

Paraíba
Local: Praça João Pessoa (3 Poderes), João Pessoa
Horário: 8h

Pernambuco
Local: Parque 13 de maio, Recife
Horário: 13h

Rio de Janeiro
Local: Candelária, Rio de Janeiro
Horário: 16h

Rio Grande do Norte
Local: Saída do INSS, Rua Apodi até Praça do Rosário, Natal
Horário: 15h

Rondônia
Local: Em frente a Ceron, na Rua Sete de Setembro, Porto Velho
Horário: 8h30

Roraima
Local: Praça do Centro Cívico, Boa Vista
Horário: 8h

Sergipe
Local: Viaduto do D.I.A, Aracaju
Horário: 7h

São Paulo
Local: Praça Oswaldo Cruz, Paulista, São Paulo
Horário: 16h

 

Fonte: Agência PT

Comente!

Fechar Menu
×

Carrinho