Rudá, Lula e Tatto

Por Valter Pomar. Confesso que não consigo levar a sério um “projeto de esquerda” que se organiza em torno de pesquisas, de voto útil, de eleições e de um demiurgo. Mas confesso, também, que sou fiel ao PT. Não por patriotismo de partido. Mas porque aprendi algo básico nestes mais de 40 anos: a prestar atenção no que o inimigo quer. E o que o inimigo mais quer, hoje, é destruir o PT.

Vídeo

Programa Antivírus / (22/10/20) - Eleições 2020: Conjuntura, Porto Alegre & Fortaleza

Podcast

Sítio da Articulação de Esquerda, tendência petista. A serviço de um PT democrático, socialista e revolucionário.

Navegue

Receba as novidades do Página 13, digite seu email:

Por FeedBurner

Este site é licenciado sob uma licença Creative Commons Atribuição 2.0 Brasil.

×

Carrinho